Portugal

José Carlos Santiago

Curador e Facilitador

www.jcsantiago.info
www.jcsantiago.net
www.jcsantiago.com

Abordagens para a sua Saúde e Bem Estar

Lombalgia

e

Dismetria dos membros inferiores

A perna curta é um dos problemas que muita gente tem mas a que não dá a devida importância.

Muitos dos problemas de coluna (e não só) que muita gente tem e apresenta devem-se a uma perna mais curta.

A lombalgia ou dor na zona lombar é uma queixa muito frequente em muitas pessoas.

As dores nas costas ou na zona lombar (lombalgia) podem ter inúmeras causas e uma delas pode ser a dismetria no comprimento dos membros inferiores, ou seja a existência de um membro inferior mais curto do que o outro.

Caso exista um membro mais curto do que o outro isso acaba alterando a postura e sobrecarregando a coluna e por último acaba por criar desgastes a nível dos discos vertebrais e com o tempo acaba por dar origem a dores de coluna e àquilo a que se chama lombalgia que é dor na coluna lombar.

A Dismetria dos membros inferiores, com encurtamento de um membro pode ser determinada através de Raios X que determinam qual o membro mais curto e onde esse encurtamento existe.

No caso da existência de uma perna curta verdadeira (quando o fémur ou a tíbia é mais curto), o médico perante um raio X milimétrico pode lhe dizer e informar quantos milímetros deve ter o calço a colocar no sapato para corrigir o problema.

Muitas das vezes esta situação costuma ser desvalorizada uma vez que costuma levar anos até que as dores apareçam e se instalem mas nessa altura .... já é tarde e teremos de actuar no alívio e não na prevenção.

Outra das situações que por vezes é responsável pela lombalgia é o desnivelamento da bacia ou seja uma alteração ao nível das junções sacro-iliacas que criam uma alteração na coluna e por sua vez criam desgaste e dores que na maior parte das vezes são a nível lombar (lombalgia).

Quanto às muitas outras causas que frequentemente existem por detrás da lombalgia, eu não vou falar delas pois seria um assunto demasiado longo e que daria para escrever um ou dois livros.

No entanto muitas dessas outras causas da lombalgia podem ser melhoradas ou eliminadas com a libertação miofascial.

No entanto corrigir a dismetria das pernas (perna curta) e acertar o desnivelamento da bacia podem ser situações fáceis e rápidas de corrigir.

Para o caso da perna curta muitas das vezes basta usar um calço no sapato.

E para a bacia desnivelada basta ir num osteopata ou em alguém que aplique miofascial e que se entenda com o assunto.

No entanto usar um calço para o resto da vida não é confortável nem a solução ideal.

Até aqui temos visto as soluções tradicionais e as soluções que se podem encontrar.

O que se segue é o que eu venho a fazer desde 2005 e que não se ensina nem se aprende em lado algum.

O ideal é corrigir o comprimento da perna e para isso pode-se pensar em usar a cirurgia. Esta pode ser uma opção para quem a quiser usar.

Mas, corrigir uma perna curta é possível sem recorrer à cirurgia.

Corrigir a dismetria do membro mais curto é possível sem recorrer à cirurgia.

Pode-se corrigir o comprimento da perna (sem cirurgia) caso encontre quem o saiba fazer.

Fazer crescer o osso curto é possível sem recorrer à cirurgia.

Sim, pode-se corrigir o comprimento de uma perna curta sem recorrer a cirurgia, caso encontre quem o saiba fazer.

Sim, leu bem: é possível corrigir uma perna curta ou um osso curto da perna. E sem cirurgias e sem complicações. E sem demorar muito tempo.

Eu venho corrigindo pernas curtas (fémur e/ou tíbia) desde 2005 e  fazendo essas demonstrações e correcções em público desde 2006.

Veja os videos da correcção de perna curta e correcção de bacia desnivelada.

Desta forma pode-se normalizar uma perna que toda a vida esteve curta.

Uma vez a perna curta corrigida, podemos então corrigir e eliminar muitos outros problemas que tinham origem nessa perna curta como a lombalgia e muitos outros.

Os problemas que uma perna curta pode provocar podem ser mais que muitos e muito variados.

Uma perna curta pode estar na origem (ou agravar) de muitos problemas que aparentemente nada parecem a ter a ver com ela, como:

Uma perna curta é uma das razões pela qual muitas vezes com alguns (muitos) problemas só se obterem fracos resultados quer da fisioterapia, quer da medicina e das medicinas complementares.

Apesar dos bons tratamentos que as pessoas recebem na medicina, na fisioterapia e nas medicinas complementares, muitas situações não são analisadas nem corrigidas como é o caso da lombalgia e dessa forma as pessoas não conseguem obter bons resultados dos tratamentos que efectuam.

Entender e corrigir as causas por detrás de muitos problemas de saúde do nosso dia a dia é a solução para que se façam tratamentos que resolvam as causas e não apenas que tratem os sintomas que as pessoas apresentam.

Mas, infelizmente este tipo de trabalho não se aprende em nenhuma formação nem em nenhuma escola nem faculdade.

Corrigir pernas curtas (dismetria da perna) é uma coisa que eu aprendi pela prática e pela experiência e sobretudo quando se tem muitos e variados conhecimentos.

Quando os conseguimos juntar e perceber que eles se complementam e que se completam ao invés de serem opostos como normalmente se aprende nas muitas formações, então sim, começamos a fazer aquilo que muitos e a ciência dizem ser impossivel de conseguir.

Veja também: Perna, Desporto e Saúde